Home
 
AUI - Associação Universitária Internacional

Promote Your Page Too
Menu Geral
Artigos
Notícias
Páginas Individuais
Galerias
Press Releases
AUI – Missão e Perfil
Bolsistas
Atualizar meu cadastro
Jovens Líderes
Sobre o Programa Adicionar meu curriculo
Lançamento do Livro: AUI - UM OLHAR NO FUTURO
Sobre o Livro
Bolsistas
Inscrição
Lista de Eventos
Fotos das Turmas
História
Depoimentos
Mildred Sage

Nas Regionais

Bahia

Brasilia
Ceará
Minas Gerais
Paraná
Pernambuco
Rio Grande do Sul
Rio de Janeiro
São Paulo
  Seminários  

Seminário A Crise Econômica Internacional – Conseqüências, Saídas e Oportunidades

A ganância do sistema financeiro, o consumo perdulário norte-americano, os erros de política monetária e a falta de regulação, lançaram o mundo em uma crise que passou do lado monetário-financeiro para o lado do produto e do emprego. A crise atingiu o Brasil, especialmente aquelas regiões onde se concentram atividades produtivas voltadas para o mercado externo e, por meios indiretos, também o mercado interno. A natureza, a intensidade e a profundidade dessa recessão em escala global exige uma reflexão profunda e extensa. Os governos procuram mitigar e abreviar a crise buscando saídas através de instrumentos de política monetária e fiscal por meio de intervenções diretas nos mercados e nas empresas do sistema financeiro. Todavia, crises oferecem saídas e oportunidades.

A regional de Pernambuco da AUI programou, organizou e executou no final de agosto passado em Recife o Seminário “A Crise Econômica Internacional – Conseqüências, Saídas e Oportunidades para o Brasil”. Para discutir esses temas convidou especialistas nacionais e regionais a saber:

Painel 1: A gênesis da crise, a política econômica dos países centrais e os  impactos sobre a economia brasileira

  • Presidente: Marco Maciel (AUI/PE – 1962, Senador da República)
  • Expositor: José Márcio Camargo (Doutor em Economia pelo MIT, EUA, professor da PUC-Rio).
  • Debatedor 1: Denisard Alves (AUI/SP - 1965, Doutor em Economia, Yale University/EUA, professor e diretor da FEA-USP, Secretário das Finanças do Município de SP.
  • Debatedor 2: Pérsio Marco Antonio Davison (AUI/SP – 1970 – Economia, Doutorado de III Ciclo da Universidade de Paris I IEDES na área de desenvolvimento regional, Técnico do IPEA desde 1973).

Painel 2: Reflexões de como a recessão mundial vem atingindo a economia brasileira e pernambucana

  • Presidente: Dr. José Jorge de Vasconcelos (Engenheiro, ex-Senador da República, atual Ministro do Tribunal de Contas da União).
  • Expositor: Tânia Bacelar (Doutora em Economia pela Universidade de Paris I, professora da UFPE, diretora da Consultoria e Planejamento Econômico, Ceplan).
  • Debatedor 1: Jorge Jatobá (AUI/PE – 1967, Doutor em Economia pela Universidade de Vanderbilt/EUA, ex-professor da UFPE, diretor da Consultoria e Planejamento Econômico, Ceplan).
  • Debatedor 2: Mauro Ferreira Lima (AUI/PE - 1970, Mestre em Gestão e Políticas Ambientais pela UFPE, especialista em Desenvolvimento e Políticas Públicas pelo IAP-Paris, professor da UPE).

Duas questões foram destacadas perante uma platéia de profissionais liberais, professores e estudantes.

A primeira questão diz respeito aos fatores que, no caso brasileiro, contribuíram para tornar a crise menos dolorosa do que no resto do mundo e, também, mais rápida. O saneamento do sistema financeiro, a regulação na emissão dos títulos de crédito, a adoção do regime de cambio flutuante e de metas de inflação, a maior disciplina das contas públicas, uma apertada política monetária e a formação de substanciais reservas internacionais, criaram uma sólida base macroeconômica. Esses fatores associados a uma pequena abertura da economia para o exterior relativamente às economias norte-americanas (EUA e México) e asiáticas, conduziram o Brasil a iniciar mais cedo a sua saída da crise. Ou seja, reformas macroeconômicas (fiscais, monetárias, financeiras e cambiais) tornaram o país mais resistente a crises.
 
A segunda questão diz respeito aos efeitos ambientais dos padrões de consumo vigentes nos países desenvolvidos e adotados cada vez mais pelas classes média e alta dos países emergentes. Consumo - no caso dos EUA - calcado em dívidas bancárias, no risco de aventuras hipotecárias, nas facilidades dos cartões de crédito e na especulação nas bolsas de valores. O financiamento desse consumo conduziu milhões de famílias ao endividamento e a um enorme impacto ambiental pelo esforço de produzir bens pouco amigáveis com a saúde e a estabilidade da Natureza. Coloca-se aqui uma questão entre justiça e sustentabilidade que vai muito além da crise atual. Os pobres têm o direito e querem consumir tal qual seus compatriotas de alta renda e seus semelhantes estrangeiros. Isso seria desejável do ponto de vista ético e social, mas seria profundamente perturbador para a sustentabilidade do planeta Terra. Cedemos à felicidade dos Homens ou a saúde do Planeta? Isso não seria um falso dilema? Devemos promover o bem estar social e comprometer a Mãe Terra?  A maior felicidade (temporária?) da humanidade se justificaria em face do aumento das grandes intempéries da Natureza decorrentes das mudanças climáticas?  Onde está o equilíbrio entre consumo, bem estar e sustentabilidade ambiental? Há respostas para essas questões?

 

Jorge Jatobá (AUI/PE – 1967 – Economia)
Autor do Projeto e Debatedor no Seminário

 

O Seminário foi um sucesso em qualidade e em quantidade de participantes, no nível de palestrantes, debatedores e convidados, no número expressivo de professores e jovens universitários, na abrangência dos temas levantados e no interesse da imprensa no alcance dos debates acontecidos.

Por fim, a AUI Pernambuco sente-se honrada por ter contribuído com divulgação e promoção com o seu objetivo maior:

“DAR VISIBILIDADE DA ASSOCIAÇÃO UNIVERSITÁRIA INTERNACIONAL À SOCIEDADE PERNAMBUCANA”

Lutero Gueiros
(AUI/PE – 1965 – Engenharia)
Armando Reis Vasconcelos
(AUI/PE – 1966 – Filosofia)
Diretores Regionais Pernambuco

 

Recepção e credenciamento Lutero Gueiros e Marco Maciel
Marco Maciel e Armando Vasconcelos Sandra Serpa,José Márcio Camargo, Denisard Alves e Marco Maciel
Lutero Gueiros e Armando Vasconcelos Denisard Alves, José Márcio Camargo e Jorge Jatobá
Mestre de cerimonia Denisard Alves, Marco Maciel, Pérsio Davison e José Márcio Camargo
Marco Maciel e Pérsio Davison Sandra Serpa
Aristides Batista Platéia
Marco Maciel Auditório do JCPM
José Márcio Camargo Denisard Alves com Marco Maciel
Lutero Gueiros com Marco Maciel Sonia Batista, Sandra Serpa, Marco Maciel, Thiago Leitão e Ana Flávia
Paulo de Tarso de Moraes, Marco Maciel e Armando Vasconcelos Tânia Bacelar
Tânia Bacelar Jorge Jatobá
Mauro Ferreira Lima Participante José Roque fazendo uma pergunta aos palestrantes
Eudes de Souza Leão - Fundação de Rotarianos Participante Arthur Dantas Lemos
Lutero Gueiros Eudes de Souza Leão com Tânia Bacelar
Pérsio Marco Antonio Davison Palestrantes painel 1
Denisard Alves Participante
Participante Paulo de Tarso de Moraes José Jorge de Vasconcelos
Painel 2 Sandra Serpa, José Jorge de Vasconcelos e Lutero Gueiros